O que é a Parrilla

Cód. 0001

A ORIGEM DA PARRILLA OU CHURRASCO.

 

Não existe referência exata sobre a origem do churrasco, mas presume-se que a partir do domínio do fogo na pr&...

A ORIGEM DA PARRILLA OU CHURRASCO.

 

Não existe referência exata sobre a origem do churrasco, mas presume-se que a partir do domínio do fogo na pré-história, o homem passou a assar a carne de caça quando percebeu que o processo a deixava mais macia.

Na América do Sul a primeira grande área de criação de gado foi o pampa, uma extensa região de pastagem natural que compreende parte do território do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil, além da Argentina e Uruguai. Foi ali que os vaqueiros, conhecidos como gaúchos, tornaram o prato famoso e típico.

A carne assada era a refeição mais fácil de preparar quando se passava dias fora de casa, bastando uma estaca de madeira, uma faca afiada, um bom fogo e sal grosso, ingrediente abundante e que é utilizado também como complemento alimentar do gado. A partir dali o costume cruzou as regiões e se tornou um prato nacional, multiplicando-se as formas de preparo, o que gera entre os adeptos muita discussão sobre o verdadeiro churrasco, como por  exemplo a utilização de lenha ou carvão, de espeto ou grelha, temperado ou não, com sal grosso ou refinado, de gado, suíno, aves ou frutos do mar. O correto é afirmar que não existe fórmula exata, uma vez que cada região desenvolveu um tipo diferente de carne assada, mas, sem dúvidas, a imagem mais famosa no Brasil é o churrasco preparado pelos vaqueiros, conhecidos pelo termo latino gaúcho, que se transformou na denominação dos cidadãos nascidos no estado do Rio Grande do Sul.

Na Argentina e no Uruguai o churrasco típico é chamado asado, e é o prato nacional de ambos  países. Tradicionalmente é feito na grelha com uso de lenha, mas também se usa carvão pela praticidade.

Os gaúchos alimentavam-se,  sobretudo de churrasco no pão, que está na origem do asado rio-platense. Na Argentina o asado tradicional dos Pampas estendeu-se a toda a população, e hoje, devido á qualidade e ao preço baixo, é consumido por todas as classes sociais.

Aos finais de semana, as famílias se juntam nos pátios das casas para desfrutar um asado mais sofisticado que inclui, além de famoso bife, todo o tipo de achuras - órgãos menores como os rins, intestinos, estômago e ainda morcelas  e vários tipos de embutidos.

leia mais

R$ sob consulta